Néctar? Ué, não era suco? E refresco é só o gostinho mesmo? São nomes que estão nas embalagens das bebidas de frutas que você encontra à venda nos supermercados. A Coca-Cola Brasil vai explicar neste texto, de forma bem didática, a diferença entre suco, néctar e refresco.

Cada bebida uma tem um sabor, claro, mas a distinção fundamental é uma só: a quantidade de suco ou polpa da fruta dentro da embalagem. A porcentagem é estabelecida pelo Ministério da Agricultura, da Pecuária e do Abastecimento (MAPA), que fiscaliza bebidas alcoólicas e não alcoólicas. E você escolhe qual agrada mais ao seu paladar.

Em setembro, a Coca-Cola Brasil lançou o Del Valle 100% Suco de Maçã. A novidade tem o que o nome indica: 100% suco, assim como os de laranja e uva, já no mercado. Para ser chamada de suco, uma bebida precisa ter em sua composição 100% de... suco. Detalhamos exatamente o que é um suco mais abaixo. Enquanto isso, um néctar pode ter entre 10% e 50% de suco ou polpa. A quantidade de fruta tem participação significativa na composição do preço da bebida. Por isso, suco custa um pouco mais do que néctar, que por sua vez é mais caro do que refresco, que tem menos fruta.

Conversamos com Adriana Aniceto, gerente de Assuntos Científicos e Regulatórios da Coca-Cola Brasil, para esclarecer pontos importantes sobre as diferenças entre suco, néctar e refresco. Ela chama a atenção para uma das principais características dos produtos Del Valle: a adição de fibras ou vitaminas e minerais.

“Durante a fabricação, as fibras e vitaminas das frutas são perdidas. Por isso, o Del Valle 100% Suco tem adição de fibras; e o néctar, de vitaminas e minerais. É uma maneira de ressaltar uma qualidade natural das frutas, um detalhe que faz diferença”, diz Adriana.

Quando a bebida vira suco?

A bebida que leva o nome de suco não pode conter aromas e corantes artificiais. Os aromas acrescentados são apenas os naturais da fruta. Os sucos Del Valle, sem adição de açúcar nem conservantes, são feitos a partir de sucos concentrados. Ou seja, a água da fruta é retirada para garantir um produto uniforme e facilitar o transporte. Os mais de 20 fornecedores de frutas entregam o suco concentrado. A Coca-Cola Brasil adiciona a água ao concentrado em sua fábrica em Linhares, no Espírito Santo, para que fique com a concentração original do suco integral da fruta.

Néctar: variedade para todos os gostos

A maioria das bebidas de frutas à venda no mercado está na categoria néctar. Isso significa que esses produtos têm entre 10% e 50% de suco ou polpa, dependendo da fruta. Quanto mais ácida, mais água. Os oito sabores do néctar Del Valle têm entre 10% e 50% de suco de fruta. No néctar de maracujá, por exemplo, a quantidade é de 10%. Já no de manga, 50%. O néctar misto (açaí com banana e cranberry com maçã), da linha Reserva, tem 30% de suco, a média do mercado. Néctar tem adição de açúcar, mas não leva conservantes nem aromas e corantes artificiais. No caso dos produtos Del Valle, o número de calorias em cada copo de 200ml fica entre 85 (goiaba) e 110 calorias (açaí com banana).

Já o Del Valle Laranja Caseira é um néctar com 66% de suco e 107 calorias em 200ml. E os famosos gominhos? Bem, são realmente os gominhos da própria laranja!

O que é refresco?

A regulamentação do Ministério da Agricultura, da Pecuária e do Abastecimento determina que os refrescos devem ter em sua composição entre 5% e 30% de suco ou polpa, dependendo da fruta. As mais ácidas, como limão e maracujá, podem ter uma proporção maior de água. A Del Valle tem duas linhas de refrescos: Kapo, com cinco sabores; e Frut, com quatro sabores. Todos têm 10% de suco ou polpa, com adição de açúcar. As bebidas Kapo têm 78 calorias por 200ml. Os refrescos Frut, 68 a 82 calorias.

E o pó para refresco? O pó de frutas para misturar com água tecnicamente não é uma bebida, porque não está pronto para beber. Seu nome oficial é: preparado sólido sabor de fruta. A quantidade de suco ou polpa de fruta é de aproximadamente 1% antes de misturar com a água, por isso a bebida tem um custo mais acessível. No pó para refresco Mais há adição de adoçantes. Quando diluído em água, fica com aproximadamente 20 calorias por 200ml, ou seja: é um produto com baixo valor calórico.

Como a regulamentação exige uma quantidade específica de suco para cada fruta, há essa variação dentro da própria categoria. Um refresco de laranja, por exemplo, deve conter, no mínimo, 30% de suco; já o néctar de laranja, 50%. O Del Valle Laranja Caseira tem 66% de suco, por isso é um néctar de laranja.

Vitaminas e minerais

Nos refrescos da linha Kapo, há adição de vitaminas de A a E. Já o néctar, é fortificado com vitaminas e minerais encontrados em quantidades significativas na própria fruta. Ao néctar de pêssego, por exemplo, é adicionado vitamina A. O de açaí com banana recebe zinco e magnésio. Nos sucos, as vitaminas adicionadas também são as mesmas encontradas nas frutas. Os sucos de laranja e de uva são fortificados com vitamina C e fibras.

Ah, um último detalhe importantíssimo: todas as bebidas Del Valle, seja refresco, néctar ou suco, são consideradas de baixo teor de sódio.

Texto produzido pela Ecoverde Conteúdo Jornalístico