ATLANTA – Pelo segundo ano consecutivo, a The Coca-Cola Company realizou sua reunião anual de acionistas no World of Coca-Cola, em Pemberton Place, centro de Atlanta — localizado a poucos quarteirões de onde a primeira Coca-Cola foi servida há quase 131 anos. Embora o refrigerante mais famoso do mundo continue no auge, a empresa permanece em evolução, acompanhando as mudanças nos hábitos de consumo e as tendências comerciais.

“A The Coca-Cola Company se tornará maior do que a melhor e mais famosa marca do mundo”, disse James Quincey, que assumiu oficialmente o cargo de chief executive officer (CEO) em 1º de maio, a um grupo de 300 acionistas, durante o evento realizado no fim de abril. “Em termos muito simples, a companhia se dedicará a todas as bebidas, seguindo a diretriz ‘beverages for life’ (‘bebidas para a vida’, em tradução livre).

CEO da The Coca-Cola Company por nove anos, Muhtar Kent, que permanece presidente do Conselho Diretor, reforçou um tema abordado na reunião de 2016: o permanente compromisso da companhia com criação de valor em longo prazo. “Estamos dando início a um novo capítulo na nossa história de crescimento sustentável”, afirmou.

Kent destacou a atual evolução do portfólio da The Coca-Cola Company, que hoje inclui 3.900 produtos e mais de 500 marcas. Ao longo das duas últimas décadas, as doses diárias das bebidas não-gasosas da empresa passaram de aproximadamente 70 milhões para 500 milhões. “Ao mesmo tempo, o setor de gasosas cresceu. Portanto, não é uma questão de um ou outro (...) continuaremos a fazer ambas, como temos feito. Porque, no final das contas, temos que ser os melhores em oferecer as bebidas que as pessoas querem. Esse é o jogo daqui para frente”, Kent acrescentou.

Quincey explicou que o próximo capítulo da empresa será impulsionado por um modelo de crescimento centrado no consumidor e dedicado a fornecer mais escolhas em um número maior de categorias de produtos. “Temos uma visão de para onde ir e como crescer sobre as bases estabelecidas sob a liderança de Muhtar e em mais de 130 anos desta grande empreitada”, disse o CEO, apresentando um conjunto de prioridades para criar marcas fortes e fortalecer um sistema global de engarrafamento. O executivo destacou ainda que a empresa está passando de uma atenção binária em bebidas gasosas e não-gasosas para uma abordagem de “coletivo de categorias”, centrada em refrigerantes gaseificados, energéticos, sucos, bebidas lácteas e de origem vegetal, água, água vitaminada e energéticos, chá e café.

Atualmente, a The Coca-Cola Company tem mais de metade do mercado global de refrigerantes, mas apenas de 10% a 15% das outras categorias mencionadas. “À medida que começamos a nos tornar mais variados por categoria e país, descobrimos enormes oportunidades. Isso nos permite ser mais objetivos em como expandir nosso portfólio e continuar a envolver o consumidor o dia inteiro”, completou Quincey, ressaltando também que o consumidor médio mundial ingere 230 mililitros de bebidas todos os dias de sua vida. Atualmente, de acordo com o CEO, a The Coca-Cola Company responde apenas por uma parcela disso em todo o mundo.


“Temos décadas de crescimento pela frente. Podemos legitimamente aspirar, tendo um portfólio, não apenas satisfazer, envolver e oferecer um grande sabor para um dia inteiro de bebidas, mas fazer isso com uma dieta saudável e balanceada. Esse é um caminho possível em grande escala para esta empresa, com mais lucratividade”, concluiu.

Durante o segmento administrativo da reunião, os acionistas apoiaram a eleição de todos os diretores e outras propostas administrativas. Escute a gravação da reunião aqui (em inglês).