Maicon Lopes

Maicon Lopes, ao receber a os prêmios

Geração de oportunidades e empoderamento de indivíduos são os valores que levaram o Coletivo Jovem a conquistar a certificação Selo Verde e o Prêmio Socioambiental Chico Mendes. No total, 35 iniciativas de todo o Brasil receberam a certificação do Instituto Internacional de Pesquisa e Responsabilidade Socioambiental Chico Mendes, em cerimônia organizada no dia 29 de novembro, em São Paulo.

Criado em 2009, o Coletivo Jovem ajuda pessoas entre 16 e 25 anos a se prepararem para o mercado de trabalho e as conecta com oportunidades para se desenvolverem. A iniciativa, do Instituto Coca-Cola Brasil, já formou mais de 160 mil jovens de 2010 a 2016, em mais de cem unidades, distribuídas em 13 estados e 51 municípios.

"A metodologia é voltada principalmente para o desenvolvimento socioemocional dos jovens, garantindo que escolhas profissionais sejam tomadas de maneira planejada e estejam conectadas a um plano de vida maior. Ao final de cada ciclo de dois meses, fazemos a ponte entre os participantes e oportunidades de emprego. Buscamos direcionar aqueles que tenham outros objetivos profissionais, como empreender e continuar os estudos, para parceiros com expertise nesses temas", explica Maicon Lopes, gerente de operações do Instituto Coca-Cola Brasil.

'Estamos contribuindo para uma transformação socioambiental em larga escala no país'

O Selo Verde é parte do Programa de Certificação pelo Compromisso com a Responsabilidade Socioambiental, atualmente uma das formas mais eficientes de chamar a atenção de empresas que têm boas práticas de conduta socioambiental. A meta da certificação é criar um elo de confiança entre empresas e consumidores.

O Coletivo Jovem foi selecionado na categoria Ação Socialmente Responsável. As outras áreas são Gestão, Gestão Pública e Produto. Para conquistar o selo e o prêmio, é preciso ter mais de dois anos de atuação e passar por uma avaliação. No caso do Coletivo, foram analisados pertinência, replicabilidade, estratégia, inovação, criatividade, transversalidade, impacto socioambiental, resultados e sustentabilidade.

"É mais um incentivo e uma garantia de que estamos na direção certa, de que estamos contribuindo para uma transformação socioambiental em larga escala de nosso país. É gratificante ver como o Instituto Chico Mendes reúne bons projetos, envolvidos com as questões socioambientais", avalia Lopes.

De acordo com o Instituto Chico Mendes, o selo é uma forma de atestar o compromisso da empresa com a sustentabilidade, o que agrega valor positivo a suas ações, marcas, produtos e serviços. A certificação visa a auxiliar o mercado consumidor a distinguir boas práticas de responsabilidade socioambiental, que se traduzem em atitudes conscientes e de respeito às gerações futuras.

"A Coca-Cola Brasil investe neste projeto por acreditar no potencial das pessoas. A empresa tem um compromisso socioambiental sólido com o país e está em constante procura por alternativas e soluções que contribuam para uma sociedade mais justa, equilibrada e sustentável", conclui Lopes.

Texto produzido por Ecoverde Conteúdo Jornalístico