• O Fundo Multilateral de Investimentos do BID e o Instituto Coca-Cola Brasil vão reforçar a plataforma Coletivo e implementar projeto-piloto nas cidades-sede da Copa do Mundo FIFA 2014™;

Rio de Janeiro, 09 de dezembro de 2013 – A Coca-Cola e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) anunciaram hoje, durante a Clinton Global Initiative Latin America (CGI), um aporte de US$ 16 milhões para expansão da plataforma Coletivo Coca-Cola. Esse investimento irá reforçar os impactos positivos do Coletivo no Brasil e ainda possibilitará a implantação de projetos-piloto em mais três países da América Latina.

O Coletivo oferece oportunidades econômicas para mulheres empreendedoras e jovens em comunidades de baixa renda, atuando em parceria com instituições locais para oferecer treinamento empresarial e capacitação profissional, empoderamento comunitário e acesso a mercados. Com a expansão anunciada hoje, a plataforma deve beneficiar inicialmente, só no Brasil, mais de 30 mil pessoas.

“É inspirador saber que vamos ajudar milhares de pessoas a transformar suas próprias vidas através da nossa cadeia de valor, à medida que expandimos o alcance e a escala do Coletivo”, diz Xiemar Zarazúa, presidente da Coca-Cola Brasil.  “Acreditamos firmemente no poder da associação entre empresas, governos e sociedade civil trabalhando em conjunto para trazer soluções reais para os mais críticos desafios globais”.

Uma equipe formada pelo Fundo Multilateral de Investimentos (Fumin), que faz parte do BID, e pelo Instituto Coca-Cola Brasil, irá trabalhar em conjunto para fomentar a formação profissional de jovens, ajudar mulheres a expandirem seus negócios e fortalecer cooperativas de reciclagem. O novo modelo será implementado, de forma experimental, nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo FIFA 2014™ (Manaus, Fortaleza, Natal, Recife, Salvador, Cuiabá, Brasília, Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre). Esse projeto-piloto será expandido para três países latino-americanos.

“O Coletivo é um modelo de valor compartilhado, que utiliza parte do valor gerado para beneficiar as comunidades pobres, particularmente os jovens e as mulheres”, diz a gerente geral do Fumin, Nancy Lee. “Acreditamos que esse modelo pode ser uma força poderosa e crescente para empoderar populações excluídas. O Fumin irá implantar a sua experiência na região para ajudar a expandir o modelo e torná-lo mais sustentável”.

Em 2009, a Coca-Cola Brasil lançou o Coletivo com o objetivo de ajudar jovens e mulheres a aumentar a renda e a autoconfiança. Como resultado da parceria anunciada hoje, o modelo-piloto será aplicado em três tipos de programas: Varejo, Empreendedorismo e Reciclagem. O Coletivo Varejo capacita jovens em comunidades urbanas de baixa renda para emprego na área de varejo. O Coletivo Reciclagem profissionaliza as cooperativas de reciclagem, gerando renda justa aos catadores e tornando a cadeia de reciclagem mais formalizada e funcional. Com foco especialmente no empoderamento feminino, o Coletivo Empreendedorismo oferece treinamento prático para começar e fortalecer novos negócios.

Além de propiciar treinamento técnico, o Coletivo é um programa de valor compartilhado, ou seja, utiliza a cadeia de valor da empresa como uma ponte para conectar as pessoas a novos mercados, e como estímulo à autoconfiança e ao empoderamento comunitário, auxiliando os participantes dos programas a construírem seu próprio futuro. Até o momento, o Coletivo conta com 500 unidades em 150 comunidades no Brasil e já impactou mais de 70 mil pessoas.

A expansão da plataforma Coletivo é um passo decisivo para a Coca-Cola atingir a ambiciosa meta global 5by20, que pretende empoderar economicamente cinco milhões de mulheres em toda a cadeia de valor da empresa até 2020. Nos últimos dois anos, cerca de 300 mil pessoas já tinham sito impactadas  pela iniciativa 5by20 em todo o mundo. O Brasil é um dos quatro países líderes a adotar a iniciativa, ao lado da Índia, África do Sul e Filipinas, e é considerado uma referência no empoderamento econômico na América Latina.

 

SOBRE A COCA-COLA BRASIL

O Sistema Coca-Cola Brasil atua em oito segmentos do setor de bebidas não alcoólicas – águas, chás, refrigerantes, néctares/refrescos, energéticos, isotônicos e lácteos, com uma linha de mais de 125 produtos, entre sabores regulares e versões de baixa caloria. Formado pela Coca-Cola Brasil e 12 grupos fabricantes brasileiros, emprega diretamente 66 mil funcionários, gerando cerca de 600 mil empregos indiretos. Os investimentos do Sistema Coca-Cola Brasil para 2013 serão de R$ 2,6 bilhões. No período 2012 a 2016, o total investido será de R$ 14,1 bilhões, 50% superior ao montante investido entre 2007 e 2011. A sustentabilidade é um compromisso da Coca-Cola Brasil e se reflete na forma como a empresa e seus fabricantes lidam com as pessoas e com o meio ambiente. O índice de uso de água da Coca-Cola Brasil, por exemplo, é um dos melhores do mundo: 1,87 litros de água para cada litro de bebida produzido – menos da metade do volume utilizado 13 anos atrás. Na reciclagem, a Coca-Cola Brasil desenvolveu, através do Instituto Coca-Cola Brasil, o programa Coletivo Reciclagem, anteriormente conhecido como “Reciclou, Ganhou” que, desde 1996 colabora para que o País seja um dos mais eficientes na reciclagem de materiais. Hoje, 98% das latas de alumínio e 56% das garrafas PET são recicladas. Para saber mais, visite os sites: www.institutococacolabrasil.com.br e www.cocacolabrasil.com.br.

 

SOBRE O BID

O BID é a principal fonte de financiamento a longo prazo da América Latina e o Caribe. Fundado em 1959, o BID tem 48 países membros, dos quais 26 são membros mutuários da América Latina e Caribe.

SOBRE O FUMIN

Estabelecido em 1993 como parte do Grupo BID, o Fundo Multilateral de Investimentos (FUMIN) apoia o desenvolvimento dirigido pelo setor privado beneficiando os pobres, seus negócios, sua produção e casas. É missão do FUMIN atuar como laboratório de projetos de desenvolvimento – experimentando e tomando riscos para construir e apoiar modelos exitosos de negócios para micro e pequenas empresas. Para mais informação, visite www.fomin.org

 

Textual

Maura Peres – Corporativo, Sustentabilidade e Negócios Sociais

Tel.: (21) 3206-6220 / E-mail: mauraperes@textual.com.br

 

Pilar Magnavita – Não Carbonatados

Tel.: (21) 3206-6206 / E-mail: pilarmagnavita@textual.com.br

 

Joana Carvalho – Saúde

Tel.: (21) 3206-6246 / E-mail: joanacarvalho@textual.com.br

 

Livia Oliveira – Refrigerantes

Tel.: (21) 3206-6237 / E-mail: liviaoliveira@textual.com.br

 

Eliane Azevedo – Gerente

Tel.: (21) 3206-6224 / E-mail: elianeazevedo@textual.com.br