O fósforo e a cafeína dos refrigerantes não afetam os ossos de pessoas saudáveis que mantenham uma ingestão adequada de cálcio.

Por mais de 15 anos, uma série de organizações científicas e de defesa de pacientes têm estudado se o fósforo e/ou a cafeína das bebidas gaseificadas têm qualquer impacto sobre a saúde óssea. Concluíram que não há nenhum efeito negativo em pessoas saudáveis, desde que mantenham uma ingestão adequada de cálcio.

Por meio do ácido fosfórico – ingrediente que confere o sabor ácido e refrescante característico dos refrigerantes de cola – as bebidas gaseificadas contribuem com quantidades muito baixas de fósforo à dieta. Uma dose de 240ml de Coca-Cola contém 41mg de fósforo, enquanto a mesma quantidade de suco de laranja contém 27mg e a mesma quantidade de leite contém 200mg.

Autoridades em saúde óssea recomendam uma boa alimentação, ingestão adequada de cálcio e vitamina D, assim como atividade física regular que inclua exercícios de levantamento de peso, para construir e manter ossos fortes. Outros nutrientes – como vitamina K, vitamina A, magnésio, zinco e proteínas – também desempenham papéis importantes na manutenção da saúde óssea.