Presente em mais de cem países, o ciclamato teve sua segurança comprovada pela Anvisa e pela Organização Mundial da Saúde.

Ciclamato é um edulcorante sem calorias cerca de trinta vezes mais doce do que a sacarose. Por não ser metabolizado pelo organismo, não contribui com calorias para a dieta. É solúvel em líquidos e, por ser estável no frio e no calor, tem uma vida útil longa. Foi descoberto em 1937. Atualmente, o uso do ciclamato em alimentos e bebidas é aprovado em mais de cem países, inclusive no Canadá, na Austrália e no México. Também é um excelente complemento para outros edulcorantes de baixa ou nenhuma caloria (adoçantes). Em combinação com outros edulcorantes, o ciclamato possui um efeito sinérgico que melhora o sabor doce em geral e reduz a quantidade total de adoçante necessária.

O ciclamato é um edulcorante sem calorias, trinta vezes mais doce do que a sacarose, descoberto em 1937. Por não ser metabolizado pelo organismo, não contribui com calorias para a dieta. É solúvel em líquidos e, por ser estável no frio e no calor, tem uma vida útil longa. É também um excelente complemento para outros edulcorantes, pois em combinação com eles melhora o sabor doce e reduz a quantidade total de adoçante necessária. Seu uso é aprovado em mais de cem países, incluindo as nações do Mercosul e da União Europeia. O Comitê Conjunto FAO/OMS de Especialistas em Aditivos Alimentares (Jecfa) tem consistentemente afirmado sua segurança em alimentos e bebidas.

A proibição nos Estados Unidos ocorreu após um estudo controverso, no qual ratos ingeriram doses extremamente altas de ciclamato e sacarina. Estudos posteriores, no entanto, demonstraram que o ciclamato é seguro para consumo humano. Mais de 75 trabalhos científicos provam que a substância não oferece riscos à saúde. Desta forma, o pedido para reaprovar o ciclamato está atualmente sob a análise da Food & Drug Administration (FDA), agência de segurança alimentar dos Estados Unidos.

Assim como todos os demais ingredientes utilizados pela Coca-Cola Brasil, o ciclamato é autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Para saber mais sobre o ciclamato, clique nos links:
http://beverageinstitute.org/brazil/article/cyclamate/ 
http://www.anvisa.gov.br/alimentos/informes/40_020609.htm