O Coletivo Reciclagem tem como objetivo empoderar e profissionalizar cooperativas de reciclagem e fortalecer sua inserção na cadeia formal, gerando mais eficiência, trabalho em rede, renda justa e ambiente digno aos catadores.

O programa foi desenhado em 2012, com base no aprendizado obtido em 12 anos de trabalho com reciclagem do Instituto Coca-Cola Brasil, juntamente com informações de um processo de mapeamento e avaliação de cooperativas de catadores por todo o país.

Cocriada juntamente com parceiros, comunidades e beneficiários finais, a Tecnologia Social do Coletivo Reciclagem possui hoje uma estrutura modular e flexível, capaz de ser replicada em cooperativas com diferentes níveis de desenvolvimento.

Graças a esse desenho, o programa pode ser escalado mantendo o acompanhamento individualizado e simultâneo de cada cooperativa, o  que promove impactos  mais profundos.

A cada ciclo de seis meses, é realizado um diagnóstico profundo da cooperativa e elaborado um plano de ação, com metas mensuráveis, em conjunto com os cooperados. Após a definição do plano, definimos também em conjunto a recompensa para o atingimento da meta, que pode ser um equipamento, uma reforma de instalações ou outra necessidade.

Em 2015, o Coletivo Reciclagem recebeu o selo de Tecnologia Social pela Fundação Banco do Brasil.