Ainda está por ser inventado jeito mais saboroso senão com afeto no dia a dia. Juntos na alegria e na tristeza, cada um a seu jeito, os parentes – e “agregados”, por que não? – são um importante refúgio de solidariedade. Foi pensando nisso que a Coca-Cola criou sua mais recente campanha, uma investigação das identidades familiares, em seus diferentes formatos e rotinas, rituais e emoções. Cada núcleo com seus códigos e regras, o importante mesmo é que todos estejam sempre unidos.

Nesse embalo, em parceria com o canal de receitas Tastemade, a marca Coca-Cola exibe uma websérie com seis episódios mostrando regras particulares e os segredos de famílias de diferentes estados brasileiros. A cada episódio, uma família abre as portas da sua casa durante uma refeição típica da região. Conversamos com duas delas para conhecer um pouco dos seus hábitos e entender como fazem para se manter unidas.

As regras da família Lima

Dia sim, outro também, o pernambucano José Ribeiro da Silva Lima renega os 78 anos – que, aliás, não parece ter – e, com disposição de adolescente, não falha: levanta-se cedinho e faz o café da manhã de toda a família. “Painho é um homem moderno”, atesta Carla Fabiana Ribeiro da Silva Lima, 42 anos, administradora, que trabalha no setor de Contas a Pagar da Solar, fabricante do Sistema Coca-Cola Brasil no Ceará.

Ela vive também com a mãe, Ieda, e com a filha, Yhale, numa casa confortável no bairro Eusébio, na região metropolitana de Fortaleza. “A única coisa que a gente não faz junto é trabalhar”, ratifica Carla, sublinhando a indestrutível união que desfilou com os parentes em um dos episódios da websérie. “Nossas regras incluem dividir todas as tarefas domésticas e sentarmos juntos à mesa sempre que possível. De manhã e no jantar é certo; nos fins de semana, também”.

E nada de celular, tablet ou televisão ligada para atrapalhar a convivência que é parte obrigatória do cardápio. “É momento para conversarmos sem pressa. Por isso, ficamos sentados pelo tempo que quisermos, sempre muito. Interação de verdade”, assegura Carla, explicando que o hábito vem dos tempos de criança. “E minha filha segue direitinho. Adora!”, acrescenta, referindo-se a Yhale, 20 anos.

‘Nossas regras incluem dividir todas as tarefas domésticas e sentarmos juntos à mesa sempre que possível’ – Carla Lima, de Fortaleza

Os cardápios do jantar durante a semana variam entre tapioca e cuscuz. Sábados e domingos são de pizza e churrasco, extravagâncias gastronômicas em nome da alegria que se completa com idas à praia e mergulhos na piscina do condomínio.

“A família é o porto seguro, onde posso ser eu mesma, em quem posso confiar, independentemente do que aconteça. Nada substitui”, resume Carla, lembrando como os pais foram importantes no fim do seu casamento, acolhendo-a com a filha num ambiente de amor absoluto. “Não tem preço”.

Assim, a família Lima foi só alegria ao gravar a websérie. “Ficamos muito felizes por viver um dia incrível, mágico, nas filmagens”, relembra. “Foi um presente que meus pais merecem”.

As regras da família Lopes

No apartamento da família Lopes, na Vila Curuçá, em Santo André (Grande São Paulo), a regra, como ensina o bordão do futebol, é clara: morar junto demanda um delicioso trabalho em equipe. Assim, todos se ocupam dos cuidados com a casa de dois quartos, dois banheiros (um social e um na suíte do casal), onde vivem o bancário Marcos Roberto Lopes, sua mulher, a dona de casa Antônia Garson Gimenes Lopes, e os filhos, Marcos Vinícius e Ícaro. “Somos responsáveis pela limpeza e conservação do banheiro social, e meus pais, pela suíte”, detalha o caçula, Ícaro, ator.

A comida costuma ser função dos pais – e os filhos se encarregam do pós-refeição, arrumando a mesa e lavando a louça. Funciona do mesmo jeito em relação aos quartos, que devem estar sempre organizados. A consciência também ostenta pendores ambientais: todos estão mobilizados para a urgência de economizar água e energia, além de reciclar o lixo.

A rotina na casa dos Lopes inclui frequentes momentos de festa. “Curtimos sair para comer em restaurantes e fazer churrasco”, narra Ícaro. A família costuma viajar nos fins de semana. Aí, com o acréscimo de tios e primos. “Alugamos uma chácara no interior e fazemos uma festa”, revela ele, apaixonado por pescaria, como o pai e o irmão.

‘Nenhum aniversário passa em branco. Comemoramos sempre juntos essas datas especiais’ – Ícaro Lopes, de Santo André

Mas no quesito amor, é missão impossível superar o Palmeiras. A família vai ao estádio torcer pelo time em quase todos os jogos em São Paulo. Com as crianças tornando-se adultos, os encontros estão mais restritos aos fins de semana e feriados. Ficaram bissextos os jantares durante a semana, especialmente porque Marcos Vinícius cursa engenharia em outra cidade. Mas a distância sequer arranha o amor. “Nenhum aniversário passa em branco. Comemoramos sempre juntos essas datas especiais”, garante Ícaro.

O caçula, aliás, tem sido mote de novos momentos de união familiar. Os parentes, claro, não perdem as apresentações dele no teatro. “Adoro tê-los na plateia”, confirma Ícaro. A experiência no palco foi valiosa na gravação da websérie da Coca-Cola. “Foi tudo muito tranquilo. Meus pais e meu irmão se sentiram à vontade e a equipe soube conduzir o trabalho muito bem, sem pressão. Adoramos”.

Texto produzido por Colabora Marcas