Desde que chegou ao mercado, em 2009, a Coca-Cola Freestyle reinventou a experiência do refrigerante vindo diretamente da torneira, oferecendo um leque de opções de bebidas sem precedentes, em um formato divertido e interativo. E as máquinas modernas, operadas por tela sensível ao toque, estão aumentando o movimento de clientes e a venda de bebidas em restaurantes, cinemas, parques de diversão, lojas de conveniência e outros estabelecimentos em países da América do Norte e outros continentes.

Enquanto as máquinas tradicionais apresentam de seis a oito opções, a Coca-Cola Freestyle usa uma tecnologia de microdosagem para oferecer mais de 150 bebidas com ou sem gás, incluindo mais de 70 opções com baixa ou nenhuma caloria e mais de 90 sem cafeína. A Coca-Cola Freestyle serve uma variedade de bebidas para todos os gostos, estilos de vida e ocasiões — inclusive mais de 80 marcas que não são encontradas em nenhum outro lugar.

A área de cobertura da distribuição da Freestyle dobrou de tamanho desde 2014 e não mostra nenhum sinal de redução do ritmo. Mais de 40 mil unidades estão servindo atualmente 14 milhões de bebidas de 236,5 ml por dia, e máquinas estão sendo instaladas toda semana em novos mercados e canais. A equipe também continua a expandir a inovação com novos modelos de equipamentos, marketing, marcas e mais.

Conversamos com os diretores da Freestyle Joel Bishop e Chris Hellmann para nos atualizarmos sobre resultados iniciais, desenvolvimentos recentes e o que vem por aí.

A duplicação dos negócios da Coca-Cola Freestyle nos últimos dois anos não é um pequeno feito. Como vocês fizeram isso? 

Bishop: Primeiro, estamos fazendo um trabalho para entender como a Coca-Cola Freestyle pode melhorar de maneira única as marcas de nossos clientes e a experiência daqueles que os visitam. Também continuamos a procurar maneiras de inovar e melhorar a experiência da Coca-Cola Freestyle e desenvolver soluções que se adequem aos conceitos de nossos clientes. 

Hellman: Nossa inovação mais recente, a Coca-Cola Freestyle 7000, é um ótimo exemplo. Trata-se de uma máquina de bancada, menor, que leva a experiência da Freestyle a clientes de porte médio — lojas de sanduíches, estabelecimentos familiares e outros semelhantes. Já instalamos 1.500 dessas unidades autônomas, que oferecem 80 opções de bebida (comparadas às 150 do principal modelo) e permite eficiência operacional, o que é importante para esses consumidores. Atualmente estamos testando mais duas máquinas internacionalmente, com a mesma interface com o consumidor, e todas as Freestyle usam a tecnologia de microdosagem. Isso assegura a uniformidade da experiência do usuário, uma qualidade superior de bebidas e o excelente sabor que nossos fãs adoram. Também estamos trazendo novas marcas e categorias para a plataforma.

Coca-Cola Freestyle Lineup

A Coca-Cola Freestyle começou no canal dos restaurantes de serviço rápido. Vocês expandiram para outros tipos de estabelecimento? 

Hellmann: De fato, a experiência está provando ser bem-sucedida em um amplo conjunto de canais — de lojas de conveniência e mercearias a parques temáticos, teatros, faculdades e universidades. Existem 22 ocasiões para bebidas fora de casa, que geralmente são preenchidas por categorias de varejo variadas. A Coca-Cola Freestyle nos permite atender aos consumidores com uma variedade de bebidas ao longo do dia e nos locais que eles preferem. 

Por falar em consumidores, qual é o retorno que estamos tendo? 

Hellmann: Eles adoram a máquina, adoram interagir com ela. Depois de seis anos de comercialização, já não estamos num período de lua-de-mel. Sempre surgem opções e ótimos sabores, mas também estamos começando a ouvir comentários como: “Adoro revisitar meus favoritos e experimentar novas marcas ou misturas da Freestyle.” A cerveja Barq’s, por exemplo, é uma das marcas mais populares. 

'Nossas pesquisas mostram que o movimento em estabelecimentos que têm uma máquina de Coca-Cola Freestyle é maior que naqueles sem a máquina. Isso significa que os consumidores estão buscando a experiência da Freestyle em grande parte por causa da variedade de opções de bebidas exclusivas da Freestyle que eles não podem encontrar em nenhum outro lugar. Mais de 80% dos consumidores que consultamos disseram que a presença da Freestyle torna mais agradável a experiência geral no restaurante.'

Bishop: Estamos modernizando a experiência da Coca-Cola Freestyle com uma nova interface digital, o que melhora a percepção da The Coca-Cola Company — e de nossos clientes — como inovadora e oferece uma experiência mais envolvente.  E o nosso aplicativo para celular permite aos fãs criar misturas personalizadas que mantêm a qualidade uniforme de cada bebida servida. O fato de cada marca da Freestyle ter sua própria receita cuidadosamente preparada melhora a qualidade e aumenta a lealdade do consumidor. 


Que medidas vocês estão tomando para firmar a Coca-Cola Freestyle?

Hellmann: A Freestyle é única em termos de estarmos tratando-a como um ativo de marketing e não como um equipamento comercial. Passamos muito tempo tentando fazer uma conexão explícita com o consumidor. Estamos apresentando uma nova identidade visual e uma campanha com o slogan “Choose freely” (“Escolha livremente”). Nossos clientes estão participando porque vêem a Freestyle como um ativo que podem usar para vender seus programas e ofertas. 

Choose Freely

Que impacto a Coca-Cola Freestyle tem tido sobre nossos clientes, tanto em termos de resultado financeiro quanto de percepção? 

Bishop: Nossas pesquisas mostram que o movimento em estabelecimentos que têm uma máquina de Coca-Cola Freestyle é maior que naqueles sem a máquina. Isso significa que os consumidores estão buscando a experiência da Freestyle em grande parte por causa da variedade de opções de bebidas exclusivas da Freestyle que eles não podem encontrar em nenhum outro lugar. Mais de 80% dos consumidores que consultamos disseram que a presença da Freestyle torna mais agradável a experiência geral no restaurante. Nossas marcas gasosas estão tendo um crescimento de dois dígitos com a Freestyle — o Sprite é a que cresce mais rápido — e estamos vendo resultados semelhantes no lado das bebidas sem gás. 

'Our total footprint is growing, and our family of dispensers is growing. And most importantly, inside the outlet we have a real category growth story developing.'

Hellmann: Estamos vendo um forte aumento do volume comparado ao de estabelecimentos com equipamentos mais antigos, tanto para bebidas gasosas quanto sem gás. Os clientes nunca estão distantes das perdas e ganhos... eles reconhecem que se a Freestyle impulsiona o movimento nas lojas e a incidência de bebidas, impulsiona os lucros. 

O negócio total da Coca-Cola Freestyle representou mais de 200 milhões de unidades de caixas no fim de 2016. Isso é grande e está em expansão. Nossa área de cobertura total está crescendo, e nossa família de máquinas também. E, o que é mais importante, dentro dos estabelecimentos temos uma história real de crescimento da categoria se desenvolvendo.