Quando começou a cultivar guaraná, há 15 anos, Rosiene Fonseca não imaginava o quão longe iria. Com o marido, Antônio Carlos, a agricultora comanda os trabalhos nas lavouras em Urucará, no interior do Amazonas. O tempo foi passando e o negócio se expandindo. Só no ano passado, as terras dos Fonseca produziram quase uma tonelada do fruto. Cultivo esse que tem destino certo graças à parceria da Coca-Cola Brasil com a cooperativa local. “Com essa renda conseguimos fazer nossa casa, garantir os estudos das nossas duas filhase tirar o sustento da família. É algo muito significativo pra gente”, orgulha-se, aos 44 anos.  

Leia também: Filha de agricultor, Lourdes é referência no cultivo de guaraná no Amazonas

Conheça mais sobre a história da agricultora no vídeo abaixo e saiba como a Coca-Cola Brasil trabalha para mudar a realidade de outras famílias no Amazonas.

Texto produzido por Colabora Marcas